Top 5 Melhores Parmegianas de Sorocaba

As cinco melhores Parmegianas de Carne de Sorocaba são:

 

  • Em quinto lugar, Chan Chen, que já foi muito melhor e hoje vergonhosamente quase cai para sexto e não ganha um lugar nesse texto;
  • Em quarto a tradicionalíssima do Bar do Alemão, que no entanto é caríssima e o local não dá pra ir de chinelo;
  • A do Mandala fica em terceiro lugar, tendo melhorado seu molho, porém apresentando um queijo que não harmoniza com o todo;
  • Em segundo lugar temos a do Tropical, que é absurdamente controversa com seu molho rosè, porém querida por toda a cidade.

 

Mas nada disso importa, já que não são as melhores de Sorocaba. Não que você vá sempre procurar comer a melhor todos os dias que for degustar uma carne empanada e levada ao forno com molho e queijo. Às vezes pode-se até melancolicamente comer a do Cumbucas só pra matar a fome e porque cabe no valor diário do seu VR. Outras vezes o romance pode te levar ao galante quarto colocado só pra impressionar aquela pessoa especial, mesmo que isso signifique que seu crush (é assim que os jovens falam hoje?) vá comer uma parmegiana subpar. Entretanto, a cada garfada realizada sob observação de garçons mais bem vestidos que o casal, o cliente irá segurar as lágrimas sabendo que não está comendo o melhor da cidade.

Nada desse drama acima é verdade, o que deixa ainda mais intrigante saber o motivo que leva as pessoas a se importarem com o status de “melhor”. O tema é muito complicado de se debater, já que tudo é muito subjetivo e varia estonteantemente de pessoa pra pessoa. Minha mulher, por exemplo, faz questão de dizer que acha sensacional a chumbreguíssima e sola-de-sapatolíssima parmegiana do Cumbucas. Quem sabe só para me irritar ou para tentar tirar de mim toda a obsessão que eu tenho com esse prato em particular. Mas, tirando essas especulações talvez verdadeiras, ela parece realmente nutrir algum prazer em comer essa variante shit tier. Talvez seja o desafio.

E não é só o gosto ou opinião que variam, mas a ideia do que faz uma parmegiana ser melhor do que a outra. Se alguém procura comer o prato por tradicionalidade, pode achar uma blasfêmia prestigiar qualquer outra que não seja a do Alemão (que jura de pé junto que o tatata-vários-tata-ravô dele inventou a parmegiana… mentiroso do caralho). Se for um amante do queijo pode preferir a do Columbia, que possui um queijo daqueles norte americanos com nome de gente. Veja, a própria concepção do que dá mais pontos ao prato é algo que varia absurdamente. Se juntassem os maiores experts de Sorocaba sobre o assunto, mesmo assim nenhum consenso seria obtido sobre o tema.

Portanto, imagine se decidissem criar um prêmio de “Melhor Parmegiana de Sorocaba”? Seria um caos, a prefeitura com certeza bolaria planos para intervir, pois nenhuma loucura desse tipo poderia acontecer em uma cidade onde o evento mais insano dos últimos dez anos foi a elevação da Marginal Dom Aguirre para evitar enchentes causadas pelo Rio Sorocaba. Mas, deixando a imaginação fluir, apenas um idiota gastaria tamanha verba para apresentar uma premiação com um único prêmio. Certamente premiariam também o melhor queijo, melhor molho, melhor apresentação e, por que não, melhor garçom e melhor frequentador de restaurantes de parmegiana (só posso sonhar com meu discurso de aceitação do troféu). No meio do anúncio de vencedores poderiam até mesmo colocar, para incrementar e aumentar o valor do evento, alguns vídeos mostrando o que o futuro das parmegianas nos aguardam: parmegianas para vinte e duas pessoas, parmegianas de hamburger, parmegianas orgânicas, o retorno da parmegiana reversa da década de oitenta.

Parece uma boa idéia, não é mesmo? Mas não é à toa que nosso antigo prefeito, Vítor Lippi, de 2004 à 2012, ficticiamente proibiu o evento imaginário em 2007, ao constatar que a ideia era boa, mas ao seu final a balbúrdia seria geral. Na época, visionário que só ele, imaginou o que aconteceria se dessem o prêmio de melhor queijo para o Vergílio, melhor molho para o Almuerzo e melhor carne para o Juca Alemão (que na época ainda funcionava), mas premiassem outra casa como sendo a parmegiana definitiva. Temo que o município seria finalmente absorvido por Votorantim e os Sorocabanos viveriam para sempre em desgraça, após uma premiação com tanto teor de absurdismo. Como algo pode ser definitivamente o melhor se não foi o melhor em mais nada?

“Ah, mas os organizadores dariam ao vencedor outro prêmio. Por exemplo: melhor cozinheiro ou melhor design de parmegianas, para agregar algum sentido”, diria algum inocente, tentando amenizar a desgraça. Inocente e tecnicista, por achar que os ingredientes não importam! Pra você que o que importa são apenas ideias ou o manuseio, argumentador fictício? Ridículo.

De qualquer forma, em vista de tanta altercação, subjetividade e falta de sentido, é assombroso pensar que ainda tem quem sequer cogite debater ou alinhar qual é definitivamente a melhor parmegiana da cidade. O status ou o prêmio moral para algo que não passa de um objeto de consumo é algo sem sentido e absolutamente desnecessário. O que importa é a sensação se tem ao passar a faca em três camadas de deliciosas combinações de carne, queijo e massa; sentir o garfo afundar na maciez do molho que banha sedutoramente o conjunto; mastigar e sentir seu cérebro explodir em endorfina; sorrir para o garçom e mandar aquele joinha seguido de uma leve apontada para o prato enquanto se limpa a boca. Pode ser no Cumbucas, pode ser em Dubai (com uma sonhada Parmegiana servida com trufas negras raladas e flocos de ouro): o que importa é sentir.

Mas, para quem quiser saber, a melhor de Sorocaba é a do Bonna Parma; quase uma imitação do Bar do Alemão, porém melhorando quase em todos os ingredientes, confecção e apresentação, e onde assustadoramente mesmo com tudo isso o preço é mais acessível. E eles não olham feio quando eu vou de chinelo.

Hynx

Hynx

Gosto muito de videogames, mas gosto ainda mais de ficar pensando qual a próxima metáfora idiota que eu vou criar para exemplificar enchendo linguiça meus pontos de vista que poderiam ser resumidos em um parágrafo ou dois. É um vício nojento, sim, mas no final das contas eu acho que fica bem legal. A galera gosta...
Hynx

Últimos posts por Hynx (exibir todos)

Tags: , , , , , , ,